De Ilha em Ilha

Seychelles é um destino especial. A beleza excepcional do país é o que, anualmente, atrai turistas do mundo todo.

Cada ilha tem uma geografia, característica e história particular e, conhecer pelo menos algumas delas em sua viagem, é uma experiência para lembrar por toda a vida. Empresas de transporte aéreo e marítimo vão te ajudar com o itinerário oferecendo saídas a partir das principais ilhas do país: Mahé, La Digue e Praslin. Opções de balsas, voos domésticos e até transferências de helicópteros também podem ser escolhidas para o seu delicioso passeio.


Mahé

Mahé é a maior ilha de Seychelles. Ela mede 28km de comprimento por 8km de largura e é onde está instalado o aeroporto internacional. Victoria, uma das menores capitais do mundo, está localizada na ilha, que conta com um número maior de serviços, hotéis e atividades para os turistas. Quase 90% da população seychellois se encontra ali, resultando em uma mistura de etnias africana, indiana, chinesa e europeia.

Existem 65 praias na ilha, que arrancam suspiros dos visitantes. Na parte norte ficam as mais populosas, com destaque para Beau Vallon. Já na parte sul, as mais intactas, como Anse Forbans. Ou seja, independente se você prefere um lugar agitado, ou quer curtir a dois em um retiro mais afastado, você vai encontrar uma praia lindíssima na ilha. Mahé também guarda um tesouro extraordinário de flora, com plantas raríssimas que não são encontradas em nenhum outro lugar, como a Jellyfish Tree, que tinha sido considerada extinta, até ser descoberta novamente na década de 1970.

Durante suas férias, é possível programar passeios de ecoturismo, degustar uma refeição em ótimas opções de restaurantes e cafés, fazer compras em lojas e boutiques, praticar atividades como mergulho, pesca, caminhada, trilhas para cachoeiras, golfe ou um divertido passeio de barco e excursão para outras ilhas. Entre as opções de tours na cidade estão os passeios pelo Jardim Botânico, onde pode-se admirar os símbolos do país, como o coco de mer, as tartarugas gigantes e as orquídeas exóticas; ou ainda, ir até a réplica da Torre do Big Ben de Londres, visitar às mansões coloniais, plantações de baunilha e canela, além de exuberantes selvas verdes.

Um lugar curioso para visitar, para quem gosta de vivenciar o dia a dia de pessoas locais e conhecer mais de perto as características culturais, é o mercado Sir Selwyn Selwyn-Clark, na capital Victoria. Com os mais diferentes tipos de frutas, verduras, muito peixe e frutos do mar e uma gama enorme de especiarias, o lugar se torna repleto de cheiros e cores característicos. Certamente vale uma visita!

A partir de Mahé você pode visitar várias outras ilhas, desde as mais próximas até as mais afastadas. Com aproximadamente 40 minutos de voo, é possível conhecer, por exemplo, a bela ilha Desroches, com seu clima de um verão delicioso durante o ano todo. As praias são de areia branca e macia e suas águas cristalinas se estendem por 14 km.

Sainte Anne é bem mais próxima de Mahé, estando a apenas 15 minutos, via cruzeiro fluvial. É nela que se abriga o Parque Nacional Ste Anne Marine. Também existem trajetos para as ilhas Bird Island, Cerf, Cousine, Denis Island, Frégate, Moyenne, North Island, Praslin e Silhoette.

Clique aqui para saber mais sobre transportes para outras ilhas partindo de Mahé.


Praslin

Praslin é a segunda maior e mais populosa ilha de Seychelles. A ilha tem 37 Km², o que significa que é possível conhecê-la em aproximadamente duas horas de carro. A ilha é casa de extraordinárias praias, como Anse Lazio e Anse Georgette, que figuram na lista das melhores praias do mundo. Ali também se esconde uma das joias de Seychelles, o patrimônio histórico da UNESCO chamado Valée de Mai. O vale abriga seis espécies de palmeiras encontradas apenas no país, e é onde cresce o raro coco de mer, em árvores gigantescas.

Quem visita a ilha pode conhecer a cultura de pérolas negras, feitas na única fazenda de ostras do Oceano Índico. Ali é possível visitar um aquário, segurar ostras na mão, além de fazer umas comprinhas de pérolas e outras joias. Pássaros raros, como o papagaio preto e a pomba da fruta, também podem ser observados no local. Para a hospedagem, há diversas opções de resorts, inclusive com um campo de golfe de 18 buracos para quem é fã do esporte.

Partindo da ilha de Praslin, pegue um barco e em 45 minutos você encontra a ilha de Aride, famosa pelas incontáveis espécies de pássaros que a habitam. Ir para lá significa descobrir como era uma ilha muito antes da ocupação humana. Para quem quer vivenciar a natureza em sua forma mais pura e intocada, a visita vale muito a pena.

Há outras opções partindo de Praslin, como as ilhas Chauve Souris, Cousin, Curieuse, La Digue, Mahé e St. Pierre.

Clique aqui para saber mais sobre transportes para outras ilhas partindo de Praslin.


La Digue

A ilha de La Digue, conhecida por suas pedras de granito, é o lar de uma das mais famosas praias seychellois, a magnífica Anse Source d’Argent, repleta de rochas onde se pode escalar ou brincar de pular nas águas calmas. Alguns casarões antigos de fazendas e fábricas convivem com carros-de-boi e bicicletas, os meios de transporte mais utilizados na ilha. Suas florestas contêm uma enorme variedade de espécies vegetais, que aparecem na forma de delicadas orquídeas, favas de baunilha e árvores, como as de amêndoas indianas. Em La Digue, inclusive, existe uma trilha que passa por três lindas praias. Em apenas meia hora é possível conhecer as chamadas Grand Anse, Petit Anse e Anse Coco, esta última só sendo possível conhecer a pé ou de barco.

A apenas 20 minutos de barco de La Digue está a ilha Grande Soeur, ótima para trekking e piqueniques, enquanto que a XX minutos, também de barco, fica Île Cocos, um parque marinho espetacular para mergulho e snorkelling. Praslin também é uma opção disponível a partir de La Digue! Escolha uma delas e incremente sua viagem.

Clique aqui para saber mais sobre transportes para outras ilhas partindo de La Digue.